um blog de alguem do COUÇO, para lançar ideias e suscitar debate filhodocouco@sapo.pt
Quinta-feira, 21 de Junho de 2007
O ABAIXO-ASSINADO Á ESTÁTUA DO MINISTRO

 

               Circula por estas bandas um abaixo-assinado a pedir a não recolocação de uma determinada estátua, de um certo Ministro do antigo regime, até aí tudo bem.

É certo, e sabido, que o 25 de Abril é sobretudo (não foi, É) uma garantia da Liberdade, da Democracia e dos Direitos mais essenciais á condição humana.

Um abaixo-assinado como este tem todo o sentido. É uma forma democrática de manifestar aos órgãos de poder o nosso lado da questão. Parece-me, no entanto, que ao invocar os direitos democráticos e, a luta por estes direitos, para justificar a não recolocação da estátua estamos a entrar num caminho um tanto esquisito, a meu ver.

A democracia é o poder do povo, por isso votamos e os que têm mais votos dirigem o todo, durante um determinado período de tempo. Se são tomadas decisões com as quais não concordamos podemos manifestar, com regras democráticas, a nossa posição e, mais tarde com o voto. Não nos podemos esquecer de que quem toma decisões está democraticamente habilitado a faze-lo.

Saber viver em democracia é saber “morrer”. É saber aceitar que em determinado momento pode existir um grupo de pessoas, mais numeroso, que não pensa como nós e, por isso, vingam as ideias deles.

A pior doença da democracia é um povo mal formado, capaz das decisões mais absurdas. Onde, por exemplo, se vai atrás de quem é bonito, mas vazio, ou então de quem fala bem, mas não diz nada.

Para mim a democracia é uma figura geométrica com vários lados, o nosso e o dos outros. Essa figura geométrica, a sociedade democrática, só existe se todos os lados dessa figura estiverem unidos e o que os une é a LIBERDADE.

Sabes? A minha liberdade acaba onde a tua começa, e a tua? Acaba onde?

            Devemos associar-nos a este abaixo-assinado se estamos contra o merecimento da imortalização do referido Senhor, não com medo do passado. As coisas só têm o valor que lhes damos.



publicado por filhodocouco às 19:41
link do post | comentar | favorito

PROCURA-SE PÁGINA DA JUNTA NA NET

Ontem tentei encontrar, na net, uma página da Junta de Freguesia do Couço, não encontrei nada. Será que não procurei o suficiente? Encontrei varias coisas, mas página da junta nem vê-la.

Há algum tempo atrás um estagiário preparou uma página para a Junta, qual o destino desse trabalho?

               Em todo o caso se houver página agradeço que me indiquem o endereço.

 

 



publicado por filhodocouco às 19:38
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 20 de Junho de 2007
BOLETIM MUNICIPAL

Apareceu hoje á minha frente mais um “maravilhoso” Boletim Municipal.

            É sempre bom saber o que se passa no município e se por um lado tomo conhecimento dos projectos por outro, fico triste com as poucas notícias da Freguesia de Couço.

            Fico muito feliz em saber que o Rancho Folclórico de Santa Justa tem uma nova sede. Todos os que transmitem conhecimento a crianças e jovens merecem todo o apoio. Um grupo folclórico é sempre um a boa escola, uma ocupação sadia e geradora de fortes raízes culturais.

            A outra noticia tem a ver com a colocação de uns míseros bancos num campo de futebol. Pensava eu que a remodelação que está em curso e, já exaustivamente anunciada, previa a colocação destes bancos.

            Não será de estranhar que, um dia destes, a notícia da Freguesia seja a colocação de rolos de papel higiénico numa determinada casa de banho!?

            Será que o Couço não merece mais? Será que as actividades patrocinadas pela Junta e as não institucionais não merecem ser mencionadas no boletim?

            É bem evidente a utilização do boletim como forma de propaganda eleitoral. Só se vê Dionísio… tenho pena de não puder contar aqui um ou dois acontecimentos desta figura da política autárquica, mas um dia vão saber. NÃO HÁ FOME QUE NÃO DÊ EM FARTURA.

 



publicado por filhodocouco às 19:43
link do post | comentar | favorito

FEIRA vs FIM DE SEMANA DA JUVENTUDE

             (atrasado mas não indiferente ao acontecimento)

            Mais uma vez o casamento da Semana da Juventude com a “Feira Anual” deu os seus frutos.

            Embora muitas vozes se levantem contra, o sucesso desta união só demonstra que falam sem conhecimento de causa.

            Sem grandes pretensões atrevo-me a fazer uma sugestão: observação astronómica durante o dia não dá, é uma actividade nocturna que pode ocorrer em simultâneo com outras actividades. Para o ano era tão bom ter uma noitada inteira de observação.

            É tão bom ver os jovens a vibrar que, certamente, não será necessário muito para que esta união dê frutos abundantes.



publicado por filhodocouco às 19:39
link do post | comentar | favorito

Ó PEDRO VOLTA!!!!

 

            Diz-se que  “só faz falta quem está” ou então “ por morrer uma andorinha não

 acaba a Primavera”.

            Pergunto eu, se na Junta de Freguesia, só o Pedro é que trabalhava!? Pois se não era, de acordo com a lista de remunerações, porque estão muitos projectos parados e a Semana de “Cultura” ainda sem programa afixado???.

            É por isso que eu estou a favor do governo na decisão de avaliar os empregados estatais. Pode ser que mexam um pouco mais, não muito para não se cansarem!!!



publicado por filhodocouco às 00:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 18 de Junho de 2007
E TAMBÉM HOUVE FOGO

 

            E o fogo de artificio??? O da Festa dos Foros foi divinal e o da Procissão!?  Foi algo…mau, um acontecimento de ficar de queixo caído!!! Foi de tamanho mau gosto e tão sem sentido para acto de piedade popular… Foi pena a Ruth Marlene ter cancelado o espectáculo!!! E então, tudo teria sido fenomenal!

 Aqui está a demonstrada uma falta de formação. Faltam aquelas raízes que é preciso aprofundar e estar sempre a alimentar.

O pior é se não se reconhecem os erros e se continua a viver no que é bonito aos olhos, fútil e totalmente deslocado da realidade em questão. Pior ainda quando se envolvem terceiros.



publicado por filhodocouco às 19:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

VOLTEI

Estava eu agora a ler os mails procurando alguma inspiração para começar a reescrever neste meu blog quando me aparece este chavão:”quando não consegues os teus objectivos deves mudar de estratégia”.

            Não é bem uma questão de mudar de ideias, é mudar o método para as implantar.

            É impossível fazer um resumo de tudo quanto se passou neste tempo em que estive “parado”. Tantos foram os acontecimentos no Couço e no mundo que não teria tempo para explanar todas as minhas opiniões. Quero, no entanto, realçar a actividade cultural desta pacata terra. Continuamos a necessitar de raízes ou então, todo este trabalho será em vão. Geralmente são gostos pessoais que, pontualmente, acendem uma ténue luz, mas quando a cera arde toda, ninguém aprende a mudar a vela. Assim aconteceu com as duas bandas de música, com o grupo de teatro e com o grupo coral.  

            Para quando a criação de uma “casa de cultura”??? É URGENTE um espaço onde todos possamos trocar experiências, experimentar coisas novas e ter formação.

 



publicado por filhodocouco às 19:40
link do post | comentar | favorito

Domingo, 17 de Junho de 2007
EU E O COUÇO

Este foi o meu primeiro post, vou recomeçar de novo com ele.

Nunca é demais falar das nossas raízes. São elas que nos alimentam e suportam

O que me passa pelos olhos…

 

Como não podia deixar de ser, no início dos meus desabafos, tenho que vos deixar algumas dicas de como eu penso, de como eu sou…

Nasci no Couço e fui criado por cá no meio de grandes movimentações, de rostos irradiados pela alegria de serem donos do seu trabalho. Cresci a ver o pão aumentar na mesa. Mas como todo o pão que muito fermenta, também o vi a diminuir na casa de uma boa parte da vizinhança.

Na volta das minhas saídas fui verificando a luz a esbater nos rostos, outrora sorridentes, de um 25 de Abril. A alegria foi-se e os rostos tornaram-se fechados. Mas também vi, e vejo, pavões com os seus rabos altivos que embora mudem de pena e percam o “pio”, várias vezes na vida, andam sempre de rabo armado.

Encontrei também uma classe que mal se via, uma que agora recuperou da quase extinção, as raposas. Elas comem o rabalhudo pavão e os pequenos pardais.

            Cresci com a onda gigante de 74,75 que a todos levou e, assisti ao inevitável recuo das águas.

 A onda comunista foi apoiada em algumas caras um pouco mais informadas, algumas mesmo martirizadas e que, muitas vezes arriscando as suas vidas e a das suas famílias, uniram estas gentes. Infelizmente hoje verifica-se a falsidade do comunismo no Couço. Falta o amor á camisola. Penso que essa falta de bairrismo advêm da incultura da geração anterior pois, ela deixou se ir na onda. Como se sabe a melhor forma de matar um esfomeado é encher-lhe a barriga e, a todo aquele a que se dá comer sem o ensinar a cultivar este, está sempre dependente de terceiros.

 Pois é, a nova geração cresceu apoiada no heroísmo dos seus avós e pensa que isso basta para construir um futuro. Socorrem-se de uma condecoração nacional, que foi merecida, mas que nos obriga a trabalhar para a continuar a merecer. Não podemos ser reféns do passado, temos que ser os heróis do nosso tempo.

Como podem ver tenho algumas ideias … mas não se equivoquem!!! EU SOU DE ESQUERDA. Só que a minha esquerda é mais solidária, mais comunitária e mais livre. É uma esquerda em que o homem pensa, argumenta, critica. É uma esquerda em que comunidade vem em primeiro plano e não as ordens de um partido. Uma esquerda em que o seu hino não se apoia na internacional mas na liberdade de pensamento, de acção, de religião e não nas palavras castradoras que se proferem por poucos, querendo tornar os outros mudos.

 O partido que reina...?!, no Couço e que se diz de liberdade e comunitário, não pode ser tão redutor, tão restritivo e muito pouco comunitário. Certamente que são as pessoas que fazem das associações aquilo que elas são, mas somos nós que as elegemos.

Neste blog pretendo lançar ideias, as minhas! Não digo que são as certas mas, espero que levem as pessoas a reflectir. Não sou contra o poder instalado mas desejo vê-lo a fazer aquilo para que foi eleito, SERVIR A COMUNIDADE.                                                                                                     



publicado por filhodocouco às 19:00
link do post | comentar | favorito

QUE É FEITO DO TEMPO???

Pois é o blog ainda existe!!!

Por incrivel que pareça com tantas coisas a acontecerem neste cantinho do ribatejo, e eu não dou noticias de nada....

Têm toda a razão em criticar-me. Eu mereço!

A minha paragem tem sobretudo a ver com falta  de tempo. Os relógios não param e nós temos que correr atrás dos ponteiros. São mais as vezes em que seguimos por caminhos menos produtivos, que não nos trazem beneficio algum. Parece-me ser este o caso.

Vou tentar actualizar esta pagina.

Uma coisa posso prometer, continuar a publicar com liberdade, sem preconceitos e sobretudo sem intenções de criar mesquinhices



publicado por filhodocouco às 18:49
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

COUÇO EM LUTA _ PONTE DE...

ALMOÇO DE REFORMADOS E PE...

APELO DA COMISSAO DE UTEN...

REUNIAO PUBLICA DA COMISS...

COMUNICADO DO MIC SOBRE O...

RECORDAÇÃO DOS SAGRADOS ...

CONCELHO DE CORUCHE PREPA...

UM PEQUENO GRANDE CICLIST...

JUNTA PAGA DIVIDA DOS ÁGU...

FALECEU OLÍMPIA BRÁS

arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

favoritos

EU E O COUÇO

links
blogs SAPO
subscrever feeds