um blog de alguem do COUÇO, para lançar ideias e suscitar debate filhodocouco@sapo.pt
Domingo, 25 de Fevereiro de 2007
CONCERTINAS

Realmente tenho andado distraído ...

Vai realizar-se no salão da antiga Casa do Povo um espectáculo de concertinas. O grupo tem à cabeça uma pessoa bem conhecida do Couço, o Joaquim Leiria.

É com enorme alegria que constato que o Leiria conseguiu realizar o seu sonho e ter mais pessoas a tocar concertina com ele. Será muito bom para o Couço que este grupo tenha cada vez mais força. Devemos pois dar todo o nosso apoio.

Apareçam no dia 10 de Março na casa do Povo.



publicado por filhodocouco às 18:41
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

ZECA
Esta é para mim, além das usadas no 25 de Abril, uma das canções mais bonitas do zeca, 
aqui vão algumas estrofes
"Os Índios da Meia Praia" 

Aldeia da Meia Praia
Ali mesmo ao pé de Lagos
Vou fazer-te uma cantiga
Da melhor que sei e faço 
 
De Montegordo vieram
Alguns por seu próprio pé
Um chegou de bicicleta
Outro foi de marcha à ré 
 
 
Quem aqui vier morar
Não traga mesa nem cama
Com sete palmos de terra
Se constrói uma cabana 
 
Tu trabalhas todo o ano
Na lota deixam-te nudo
Chupam-te até ao tutano
Levam-te o couro cabeludo 
 
Eram mulheres e crianças
Cada um com o seu tijolo
Isto aqui era uma orquestra
quem diz o contrário é tolo 
 
E se a má língua não cessa
Eu daqui vivo não saia
Pois nada apaga a nobreza
Dos índios da Meia-Praia 
 
Foi sempre tua figura
Tubarão de mil aparas
Deixas tudo à dependura
Quando na presa reparas 
 
Das eleições acabadas
Do resultado previsto
Saiu o que tendes visto
Muitas obras embargadas 
 
Mas não por vontade própria
Porque a luta continua
Pois é dele a sua história
E o povo saiu à rua 
 
E toca de papelada
No vaivém dos ministérios
Mas hão-de fugir aos berros
Inda a banda vai na estrada

 

                                    



publicado por filhodocouco às 18:29
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2007
O ESTADO DA CULTURA...

Tenho andado um tanto à parte dos acontecimentos nesta Vila. Ou ando distraido ou anda tudo muito parado.Já sei!! estão á espera do final da Primavera para realizar a semana da cultura!

O Couço já merecia uma agenda cultural mais vasta e mais rica.

Que tal  um espaço cultural com ateliers e exposições com regularidade??? 



publicado por filhodocouco às 18:00
link do post | comentar | favorito
|

ROTUNDA

É facil falar, bem sei que para dizer mal estamos cá todos. Mesmo assim não posso deixar de criticar o autor do projecto da entrada do couço junto à cooperativa. Infelizmente temos que nos aguentar com uns traços prependiculares que se tornam grotescos pelo tamanho do espaço.

Não seria melhor uma rotunda? penso que ainda se pode fazer sem grandes custos.



publicado por filhodocouco às 17:55
link do post | comentar | favorito
|

TRADIÇÕES...

Bem sei que me tenho portado mal e não tenho publicado nada nestes últimos dias. Espero que me desculpem mas, o tempo não é como nós queremos, ele não pára!!

 

Estamos num tempo incerto, com um Carnaval antecipado. Um Carnaval na ressaca do Natal que quase passa despercebido não fosse uns bailaricos, meia dúzia de mascarados, as crianças das escolas e uns foguetes que nos avisam que algo se passa.

 

É altura de queimar os ramos do ano passado, impor e lançar as cinzas aos campos e esperar que a Primavera cumpra o seu ritual de renascimento e, com isso despertar o que de melhor a natureza nos pode dar. Ritual este que os Cristãos foram buscar à Páscoa judaica e que festejava o inicio da primavera com o envio dos seus rebanhos para novas pastagens. Temos assim, de uma forma mais mundana, a quarta-feira de cinzas onde enterramos o Entrudo “matando” o que está velho.

Católicos ou não pode se dizer que é um tempo para “ lavar a Alma”, libertarmo-nos dos ramos velhos, tirar o peso a mais e desabrochar de novo.

 Torna-se deveras interessante verificar que, por muito que nos digamos modernos, continuamos a festejar  a vida ao sabor da natureza tal como o faziam os nossos antepassados.  Os rituais judaico-cristãos que, para o mal ou para o bem, estão na base da nossa sociedade continuam ainda hoje a orientar muitos dos nossos passos. Estou a lembrar-me, por exemplo, dos meios-dias santos. Cristãos ou não no Couço, por norma, evita-se a carne no jantar de quinta-feira santa e no almoço de sexta-feira santa. No passado, assim como hoje, em muitas casas come-se tubras com arroz. Mais um prato delicioso das gentes da nossa charneca, um autêntico pitéu.

É destas condicionantes que nascem alguns dos pratos mais característicos e mais marcantes da cozinha de uma região, aproveitando o que de melhor a terra dá.



publicado por filhodocouco às 00:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

MURO DA IGNORÂNCIA

AVISO

FLUTUAM NO SORRAIA DEJECTOS

ALTAMENTE CONTAGIOSOS

(Revolucionarium Coucensis)

PERIGO DE PERDA DE PODER

 

Uma Vila que tapa o que de mais rico tem não merece o rotulo de capital, a não ser que

O objecto que a leva a essa distinção seja a ignorância.

Mas também já descobri o porquê de tão famoso e …. Muro:

 O senhor presidente da câmara resolveu assim o problema das “navegantes” poias que a malta do Couço envia para Coruche e que tanto incomodam os Coruchences.

E UMA ETAR NÃO SERIA SUFICIENTE?!

Gostos não se discutem, BOM PROVEITO…

 

NÃO DIGAM QUE NÃO FORAM AVISADOS

                                                       



publicado por filhodocouco às 00:42
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007
CAPITAL? CORUCHE?!

 

 

Coruche Capital do Sorraia??? Inventam cada uma!!!

Mas é na Vila de Couço que, após o enlace da ribeira do Sôr e da ribeira do Raia, nasce o rio Sorraia.

Já sei… devem estar a falar do cavalo do Sorraia, raça nobre e em vias de extinção?!



publicado por filhodocouco às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 18 de Fevereiro de 2007
O COUÇO ESTÁ MAIS POBRE...

A pobreza não é monetária, é uma pobreza  por perda de capital humano.

Todos nós sabemos que “só faz falta quem está” mas, na prática não é bem assim.

Quando sai do Couço um dos seus jovens mais proeminentes, é o Couço quem perde.

Infelizmente para o Couço, ao que ouvi, a vida do Pedro levou-o a novos desafios. Resta-me desejar-lhe boa sorte e fazer votos para que regresse em breve.

O Couço precisa dele….



publicado por filhodocouco às 23:58
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007
E QUEM SE "LIXA" É O MEXILHÃO ...

Dei comigo a pensar o porquê de muitas das coisas que me acontecem.

Verifiquei que não sou um caso isolado e que o titulo de hoje se aplica quase sempre, quase sempre porque o mexilhão muitas vezes foge a tempo.

Sempre que nos encontremos entre dois opostos,  dois teimosos, entre dois pontos distintos e queremos que as coisas não sejam tão dispares, visto que muitas vezes é mero desentendimento entre as partes, somos sempre nós que apanhamos dos dois lados.

Não que a nossa intenção não seja a melhor, mesmo a mais correcta, aquela que ambas as partes dizem como a melhor mas, só porque vem da nossa parte ou porque por carolice de uma das partes diz que assim e agora não... Estão a ver o resultado... QUEM SE LIXA É O MEXILHÃO.

Não digo com isto que quando sou uma das partes não tome a mesma atitude, parece-me que a regra já está aceite na sociedade de hoje. Sempre e cada vez mais somos levados a olhar, primeiro para o nosso umbigo, depois  para o meu umbigo e para aquele que lhe dá mais  e, lá muito no fim, talvez ainda possa olhar para o dos outros.

Tomamos, muitas vezes atitudes deste tipo mesmo que nos consideremos comunitários.

Espero que eu  seja cada vez menos  individualista  e mais comunitário, mais tolerante.

Os meus "males" não contagiarão os outros assim, como os dos outros não se me "pegam".

Parece -me que a nossa sociedade necessita  dos anticorpos de ambos os lados e aí  QUEM SE LIXAVA ERA..... MAIS UMA VEZ O MEXILHÃO. 



publicado por filhodocouco às 18:20
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 11 de Fevereiro de 2007
A NACIONAL VIRA VALA

Sempre que chove lá começam os cuidados a conduzir. Mas na estrada nacional que liga o Couço ao país  os cuidados têm que triplicar.

Penso que já repararam, e perto das bombas de gasolina é bem evidente, que este novo tapete que colocaram  está um caos. Certo que acabaram muitos dos buracos mas, sempre que chove, somos obrigados a circular em autênticos lençóis de água. Parecem os antigos caminhos de bestas com as marcas dos rodados e, ao mínimo descuido,  o carro sai da estrada ou entra em contra mão.

Ó Srs. Presidentes da Câmara e da Junta e que tal uma carta ao IEP ? Mais vale prevenir...



publicado por filhodocouco às 19:00
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

COUÇO EM LUTA _ PONTE DE...

ALMOÇO DE REFORMADOS E PE...

APELO DA COMISSAO DE UTEN...

REUNIAO PUBLICA DA COMISS...

COMUNICADO DO MIC SOBRE O...

RECORDAÇÃO DOS SAGRADOS ...

CONCELHO DE CORUCHE PREPA...

UM PEQUENO GRANDE CICLIST...

JUNTA PAGA DIVIDA DOS ÁGU...

FALECEU OLÍMPIA BRÁS

arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

favoritos

EU E O COUÇO

links
Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO
subscrever feeds